Home

Tratamento para queda de cabeloA calvície, também conhecida como alopecia androgenética, é um dos problemas que mais afligem os homens após os 30 ou 35 anos. Causada por fatores genéticos, é a maior responsável pela perda de cabelo. E não são apenas os homens que são atingidos pelo problema. Em casos mais raros, mulheres podem sofrer com a queda de cabelo, principalmente na parte frontal do couro cabeludo.

No entanto, a ciência já vem evoluindo na prevenção e combate à calvície, com produtos, remédios e tratamentos que não apenas evitam a queda de cabelo, como devolvem a autoestima aos seus portadores. Algumas dicas básicas podem te ajudar a evitar o problema no futuro.

Como Evitar a Queda de Cabelo

O importante, antes de iniciar o tratamento contra a alopecia, é identificar os seus primeiros sinais, que costumam aparecer muito cedo, até mesmo antes da fase adulta. Em homens e mulheres é muito comum que a perda de cabelo comece nas laterais frontais da cabeça, conhecida como “entradas”. Pais e mães com o mesmo problema também são grandes sinais de alerta.

A calvície é uma doença genética e progressiva, por isso deve ser tratada frequentemente. Nos casos mais avançados somente o transplante capilar será realmente efetivo. O procedimento é simples, feito através de enxertos nas áreas afetadas. O tratamento também pode acontecer através do uso de hormônios da região occipital. Essa área é escolhida pela possibilidade de seus hormônios agirem em qualquer outra parte do corpo.

O tratamento para calvície por meio de medicamentos orais é uma das formas mais procuradas e indicadas, para homens e mulheres. Outras forma eficaz é o uso de shampoos e loções tópicas. Diferente do transplante, esses tipos de procedimento deve ser feitos constantemente, ou não apresentarão resultados. Sua eficácia é maior quando a queda de cabelo ainda está nos estágios iniciais.

As principais substâncias usadas para prevenção da calvície são o minoxidil e a finasterida. A primeira é uma medicação usada nos locais de perda de cabelo, duas vezes por dia. Já a segunda é uma medicação oral, com indicação para pessoas com problemas de próstata. No entanto, seus resultados se apresentam eficazes para tratar a redução de DHT, que promove o crescimento significativo de pelos.

Vale lembrar que a maioria dos medicamentos podem promover a queda de cabelo na fase inicial do tratamento. A recuperação e aumento do número de novos fios acontece, geralmente, após 3 meses de uso regular. Há diversas outras opções no mercado, por isso consulte sempre um médico e se informe sob os seus efeitos colaterais e contraindicações.

 

Leia também sobre Vencendo a Calvície.